sábado, 17 de fevereiro de 2018
Cidades
Compartilhar:

Dom Aldo renuncia ao cargo de arcebispo da Paraíba

Do Portal Correio / 06 de julho de 2016
Foto: Divulgação
Dom Aldo di Cillo Pagotto não é mais arcebispo da Paraíba. O desligamento do religioso do governo pastoral foi confirmado nesta quarta-feira (6), em comunicado divulgado pelo Vaticano. A informação foi divulgada em primeira mão no programa Correio da Manhã, da rádio Correio 98 FM, no início da manhã.

“Papa Francisco aceitou a renúncia ao governo pastoral da Arquidiocese da Paraíba (Brasil), apresentada por S.E. Mons. Aldo di Cillo Pagotto, S.S.S., de acordo com o cân. 401 § 2 do Código de Direito Canônico”, diz o boletim.

Em nota publicada no seu site oficial, a Arquidiocese da Paraíba explicou que foi o próprio Dom Aldo quem pediu o afastamento, por motivos de saúde. O religioso publicou, na mesma página virtual, uma carta aberta, em que destaca conquistas e frustrações ocorridas durante o tempo em que comandou a Igreja Metropolitana.

No texto, o religioso avalia que tomou decisões assertivas com relação à defesa de políticas públicas, além de ter contribuído com a edificação da Igreja e missões evangelizadoras e pastorais. Ainda na carta, Dom Aldo critica denúncia feita por um blog da Capital que o coloca, junto com outros padres em atividade em João Pessoa, em meio a um escândalo envolvendo encontros sexuais em casas paroquiais. A publicação foi taxada como "difamatória" e "provocatória" pelo religioso. Ele disse ainda que "embora sofra muito, mantém a consciência em paz".

"Por tanto tumulto, embora eu esteja sofrendo muito, permito-me afirmar que conservo a minha consciência em paz. Sempre estarei disposto a corrigir rumos, a reorientar passos, a confirmar êxitos alcançados, contando com a graça de Deus e também com a efetiva presença de bons padres, religiosos presbíteros e de bons leigos e leigas, qualificados como forças vivas de nossa amada Igreja Particular da Paraíba", diz um trecho da carta de Dom Aldo.

Para assumir o governo da Igreja Metropolitana da Paraíba, o papa Francisco escolheu Dom Genival Saraiva de França. Ele ficará na administração apostólica até que um novo arcebispo seja eleito e tome posse canônica.

Relacionadas