quinta, 19 de outubro de 2017
Chuva
Compartilhar:

Dia de São José não é de muitas chuvas na Paraíba

Luís Eduardo Andrade / 20 de março de 2017
Foto: Reprodução
Ao que tudo indica, os agricultores paraibanos vão ter que rezar mais para que o inverno seja de chuvas abundantes. De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), apenas seis cidades registram precipitações neste domingo (19), dia de São José.

Segundo narra a crença popular, se chover no dia que é comemorado o santo pai adotivo de Jesus Cristo, o inverno será de chuvas e mesas fartas. Porém, ao que parece, os moradores do sertão paraibano talvez não recebam tantas graças em forma de chuva, por intercessão do Santo. Neste domingo, apenas as cidades de Catolé do Rocha, Jericó, Lagoa, Mato Grosso, Riacho dos Cavalos e Triunfo registraram precipitações.

A ciência explica

A lenda sertaneja diz que se no dia de São José chover, o inverno será de muito mais chuva. E “coincidentemente”, isso sempre acontece. Alguns invernos são mais demorados que outros, mas a garantia de chuvas é certa. Os agricultores atribuem as bênçãos ao pai nutrício de Jesus Cristo, mas a meteorologia constata que o dia 19 de março é a data limite para início das chuvas de inverno, portanto, é natural que ocorram precipitações neste período.

Catolé da chuva

E mesmo com poucas chuvas, a cidade de Catolé do Rocha, que fica a 413 quilômetros de João Pessoa, no sertão paraibano, foi uma das únicas que pôde se animar com o dia do santo. Segundo a Aesa, o município registrou cerca de 17mm de chuvas. Um índice ainda muito baixo, mas que fez brotar esperança no coração dos sertanejos catoleenses.

Relacionadas