terça, 17 de outubro de 2017
Campina Grande
Compartilhar:

Suplentes do concurso da Polícia Militar doam sangue para jovem ferida em assalto

Fernanda Figueiredo / 05 de agosto de 2015
Foto: Divulgação
Suplentes do último concurso da Polícia Militar da Paraíba, que ainda aguardam ser chamados, se uniram em um gesto de solidariedade em prol da vida da frentista Mikaeny Tavares Araújo, 21 anos, baleada no último dia 23 de julho, durante troca de tiros entre a polícia e um grupo de cinco homens que assaltou o Posto Dallas, na BR-104, distrito do Ligeiro, onde ela trabalhava. Mikaeny continua internada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande e necessita de sangue.

O estado de saúde da jovem é regular. Ela passou por cirurgia e em virtude da bala que estava alojada no tórax, perdeu um rim e o baço.

Aproximadamente 10 aprovados no concurso da PM compareceram ao Hemocentro de Campina Grande. “Formamos uma comitiva e viemos doar para Mikaeny e para quem mais precisar. Ser policial, que é nosso objetivo, não é só fazer valer a lei, mas também ser cidadão e ajudar o próximo”, disse Rafhael Braz, de 29 anos.

A enfermeira Larissa Nogueira pontuou que apesar de Mikaeny necessitar de sangue ‘O negativo’, qualquer pessoa, com qualquer tipo sanguíneo, pode doar em seu nome para que os estoques sejam reestabelecidos.

“Precisamos de estoque e qualquer doação é válida. É importante lembrar para quem vai doar a primeira vez que a ansiedade e o medo são passageiros, a doação fica e ajuda a salvar vidas”, afirmou.

 

Leia matéria completa no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas