quinta, 24 de maio de 2018
Cidades
Compartilhar:

Ação do Sistema Correio leva alimentos para duas instituições em JP

Ana Daniela Aragão / 28 de junho de 2016
Foto: Rafael Passos
A Fundação Solidariedade do Sistema Correio de Comunicação em parceria com o Centro Universitário de João Pessoa (Unipê) doou alimentos não perecíveis para a Comunidade Eucarística Missão és Fiel, no bairro dos Ipês, na Capital, e também para a Associação Metropolitana de Erradicação da Mendicância (Amem), em Cabedelo, na tarde de ontem. Juntas, as duas instituições receberam 360 kg em alimentos. Elizângela Maciel e Josinaldo Barbosa representaram a Fundação Solidariedade no ato de entrega dos alimentos.

O coordenador da Fundação Solidariedade, Josinaldo Barbosa, explicou que o Unipê arrecada alimentos todos os meses e a fundação distribui para diversas instituições. “Nós recebemos a doação e entramos em contato com as instituições que são mais esquecidas pela população. Conversamos com os responsáveis e vemos o que eles mais precisam. Estamos iniciando com alimentos, mas pretendemos expandir para doações de roupas, materiais de higiene, etc”, disse.

Comunidade Missão és Fiel

Segundo a fundadora da Comunidade Missão és Fiel, Mércia Mousinho, o trabalho feito no local é espiritual e social. “Nós passamos a palavra de Deus para as mulheres que pensam em abortar seus filhos, para os jovens que se envolveram no mundo das drogas, etc. Além do apoio social. A assistência acontece em todo o Estado. Ainda fazemos a entrega de alimentos para as famílias carentes do bairro. Conseguimos salvar vidas”, disse. De acordo com ela, a doação foi bem-vinda. A comunidade é apadrinhada pelo jogador de futebol, Givanildo Vieira, conhecido como Hulk que também é embaixador da fundação.

Amem

A assistente social da Amem, Socorro Barreto, informou que a doação chegou na hora certa já que elas haviam diminuído. “Acreditamos que foi por causa da crise. A gente vive das doações. Este ano tivemos que comprar alguns alimentos porque não tinha mais e não tínhamos recebido doação. O que eles mais necessitam é de leite e acaba logo. Alguns precisam tomar um leite específico que é muito caro. É muito importante receber esta doação”, declarou. Além de alimentos, eles também precisam de fraldas e materiais de higiene.

A associação existe há mais de 40 anos e abriga idosos onde a maioria não tem família. “Os poucos que tem a família não vem visitar. São simplesmente esquecidos. Então, antes mesmo da ajuda com alimentos, eles necessitam de atenção. A casa está aberta para receber as pessoas que queiram fazer algo divertido. Eles adoram”, disse.

Relacionadas